Print this page
Thursday, 11 November 2010 00:00

NEPAL

Written by 
Rate this item
(0 votes)

VISTA DE UMA FACHADA DO HOTEL ONDE APARECEM ALGUMAS JANELAS ANTIGAS

Hoje veio-me a idéia de, em vez de começar a falar das viagens antigas, iniciar pelas mais recentes, que estão  mais claras na minha  memória.

Fevereiro 2010 - vou enfim conhecer o Nepal! Estou bastante anciosa pois as opiniões divergem muito: algumas pessoas adoraram e outras nem cogitam em retornar... Saimos do Brasil a 1.00 da manha e chegamos a Dehli, na India no terceiro dia (devido ao fuso horario) as 9.00 da manha. Foi realmente bastante cansativo mas a expectativa do que nos esperava era tanta que o cansaço foi esquecido....As cores quentes das vestimentas e da culinária  de Dehli embalaram-nos até a manhã seguinte quando finalmente embarcamos para Kathmandu! Eu estava realmente apreensiva pois nosso sobrinho, piloto, havia comentado (em "off") que o aeroporto de Kathmandu era bastante dificil e, eu como leiga no assunto, e medrosa, já imaginei o pior.......Entretanto, chegamos muito bem. Hotel em Kathmandu: o nosso DWARIKA'S, é simplesmente impressionante, entre o rústico, antigo, belo, reciclado, típico. Contam que a sua obra deveu-se ao fato de um senhor vendo que os prédios antigos, de estilo puro Nepalês, eram postos abaixo para darem lugar a prédios mais modernos,e , indignado, começou a comprar e colecionar todas as aberturas e tijolos das demolições. Aí veio a idéia de construir utilizando todas as suas peças e foi assim que surgiu o DWARIKA'S que tem uma janela diferente da outra, tijolos antigos misturados a novos, portas e madeirames em geral todos diferentes.....Para entrar no quarto tem-se de fazer primeiro um curso de como fazer entrar no buraco da fechadura e fazer girar aquela imensa chave, digna de colecionador, de quase 10cms de comprimento! Aí o impacto!  Um quarto com todo o conformto mas como as madeiras dos moveis e das aberturas são muito antigas, or "moradores das madeiras não tratadas" vivem com os hóspedes, deixando um bocado de poeirinhas (os cupins ou bichos da madeira tambem querem o seu cantinhos não é?). Mas este pequeno detalhe não importunou-nos e felizes fomos começar as nossas andanças por Kathmandu!

Na proxima semana vamos explorar Kathmandu, seus templos, seu povo, sua culinária e suas cores.....

Até lá!

Read 91070 times Last modified on Wednesday, 29 May 2013 02:52